O mercado da corretagem está em alta para quem possui as habilidades necessárias para ser um bom profissional

Com o término do período de crise econômica e com mercado imobiliário em alta, a profissão de corretor imobiliário volta a ser uma oportunidade para milhares de brasileiros. No entanto, é preciso saber como ser corretor de imóveis de sucesso.

Essa profissão é tão visada pois permite obter bons ganhos financeiros com flexibilidade de horários, melhoria na qualidade de vida e a possibilidade de trabalhar em qualquer lugar do país.

Além disso, a profissão é democrática. Não é preciso ter graduação superior: quem é maior de idade e concluiu o ensino médio só precisa iniciar um curso técnico específico e realizar um estágio antes de ingressar de vez nesse mercado.

Entre as habilidades desejáveis para se dar bem na carreira, um corretor de imóveis deve ser organizado, persuasivo e empático. Entender dos assuntos correlatos à profissão, como mercado financeiro e direito, e formar uma boa rede de contatos também é um bom começo.

Para entender melhor como ser corretor de imóveis em um período favorável a essa profissão, veja as informações mais importantes a seguir:

Curso Técnico de Transações Imobiliárias – A formação do corretor

Popularmente conhecido como TTI, esse curso de formação é obrigatório para quem deseja ser um corretor imobiliário. Conheça outros cursos incríveis para corretor de imóveis que você precisa fazer para obter sucesso.

O curso deve ser feito em instituições certificadas pelo Sindicato dos Corretores ou o CRECI. O valor varia entre R$ 500 e 1500 e dura entre quatro meses e um ano. Ele pode ser realizado de forma presencial, semipresencial ou a distância.

Ao estudar o TTI, o futuro corretor aprenderá assuntos que fazem parte do dia a dia da profissão, como matemática financeira, sistema tributário, documentação, noção de arquitetura, entre outros.

Durante a formação, o candidato precisa fazer um estágio para identificar em qual ramo imobiliário deseja atuar. Nesse período, o estagiário é supervisionado por um técnico responsável.

Uma vez concluído o curso, você receberá o diploma, mas isso ainda não quer dizer que já pode exercer legalmente a profissão. Outra forma de estudar sobre o assunto é utilizando a tecnologia, veja 5 aplicativos para corretor de imóveis.

O registro do corretor

É necessário solicitar ao CRECI da sua região o seu cadastramento. Após a entrega de documentos e o pagamento de algumas taxas, a sua carteira de registro – que precisa ser renovada todos os anos – é finalmente entregue em uma cerimônia.

A carteira profissional irá permitir que você desempenhe as funções de: profissional autônomo, captação de imóveis, avaliador de imóvel, trabalhar em corretoras ou incorporadoras, realizar venda ou locação de imóveis, correspondente imobiliário da Caixa Econômica Federal e abrir a sua imobiliária.

O corretor e a comissão

Quando você finalmente está pronto para atuar de forma legal e com segurança como corretor de imóveis, você se torna um profissional autônomo que tem o salário diretamente relacionado ao seu desempenho nos negócios.

Ou seja, o corretor ganha quando vende. E essa pode ser a melhor ou a pior parte da carreira.

Existe uma lei federal que regulamenta a profissão e uma tabela que determina os valores das comissões, conforme os dados a seguir:

– Venda de imóveis urbanos e industriais: 6 a 8%

– Venda de imóveis rurais: 6 a 10%

– Venda judicial: 5%

– Venda de imóveis em plantões: 4 a 6%

– Locação de imóveis: valor de um aluguel

– Locação de imóveis de temporada: 30% sobre o valor recebido

Dessa forma, quanto mais alto for o valor da venda ou locação, maior será a remuneração do corretor. Como não há um limite de imóveis que o profissional pode negociar ao mês, os lucros tendem vantajosos.

Por outro lado, muitos corretores imobiliários preferem trabalhar em corretoras de imóveis, que oferecem alguns benefícios, como ajuda de custo e transporte, e estabilidade, em troca de recebimento de uma comissão abaixo do valor da tabela. Para você não ficar de fora e estar sempre se atualizando, entenda mais sobre os Dados de Vacância e o que podemos esperar no cenário atual.

Saiba como ser um corretor de imóveis e refita sobre os prós e contras!

Prós X Contras

Saber como ser corretor de imóveis e tornar-se um profissional de sucesso não é para qualquer um. Assim como todas as carreiras, essa também apresenta vantagens e desvantagens.

A corretagem dá muita liberdade para que o próprio profissional determine como deseja seguir sua carreira. Por exemplo, você pode ser desde um corretor especializado em um tipo de cliente, em um determinado bairro ou em certo tipo de imóvel.

Embora os ganhos sejam altos, é preciso considerar que você precisará batalhar para ser reconhecido. Estar sempre disponível para o cliente e se aperfeiçoar com outros cursos correlatos, por exemplo, são atitudes essenciais para que você atinja bons resultados.

No entanto, muitos profissionais que estão em dúvida em iniciar ou não na área ficam apreensivos em relação à estabilidade e a remuneração do corretor.

De fato, ao contrário de um trabalhador CLT, não há como prever de quanto será o seu ganho no final do mês. Para contornar essa incerteza, fazer um bom planejamento financeiro e contar com uma poupança para os casos de emergência são soluções essenciais.

Outra vantagem dessa profissão é a de estar apto a trabalhar em qualquer local do Brasil.

É muito comum que os corretores migrem conforme haja boom imobiliário em determinada região, o que ajuda a garantir a renda. Há ainda, aquelas regiões que estão sempre repletas de bons negócios para o corretor, como o eixo Rio-São Paulo.

Há também que se considerar que o corretor de imóvel é o profissional que ajuda famílias, empresários e diversas pessoas a realizarem sonhos. Logo, a satisfação pessoal alcançada a partir desse trabalho é garantida.

Para quem deseja mudar de emprego e acredita que possui as aptidões necessárias para ser um profissional da corretagem, o período é extremamente favorável.

Graças a retomada do mercado, em pouco tempo você reverterá o dinheiro usado para estudar e estará desfrutando de rendimentos superiores ao atual, mais flexibilidade no seu dia a dia e uma ótima qualidade de vida.

Agora que você se preparou para a mudança, vamos começar agora? Deixe seu comentário!

WebEscritórios

Ver todas as postagens

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anuncie seus imóveis
Click e saiba mais
Anuncie em nossos portais

Saiba mais sobre como podemos te ajudar

FALE CONOSCO