O mercado imobiliário está em constante expansão, assim como o número de empreendimentos que são lançados – isso exige a qualificação de profissionais da área

Qualquer pessoa pode trabalhar neste segmento, principalmente aquelas que visam bater as próprias metas de vendas, ter flexibilidade de horário e conseguir grandes ganhos financeiros… Desde que tenha um curso de corretor de imóveis.

O corretor de imóveis é o profissional que faz a intermediação comercial entre os imóveis e os compradores. Já o curso é obrigatório para quem quer exercer essa função.  

A profissão é regulamentada desde 1962 no Brasil e para estar ativo no mercado imobiliário, o profissional precisa ter o ensino médio completo e o registro no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI).

As imobiliárias que não tenha profissionais credenciados ou esses agentes que atuam de forma irregular podem ser punidas por órgãos responsáveis. Aos compradores, a recomendação é nunca fazer negócio com quem não tem a carteirinha do CRECI.

O risco de comprar imóveis com profissionais sem formação autorizada é justamente a falta de segurança, além dos prováveis prejuízos financeiros.

Sem o conhecimento necessário, a comercialização de um empreendimento torna-se inapta, ou seja, não se garante pela apresentação da localização do imóvel ou dos fundamentos legais, que podem estar ilegais.

O que é preciso para ser um corretor de imóveis

Para ser um corretor de imóveis profissionalizado é preciso ter o CRECI. E para ter o CRECI, o profissional pode optar por 3 caminhos diferentes:

  • Curso de Técnico em Transações Imobiliárias (TTI),
  • Curso Superior em Tecnologia em Gestão Imobiliária,
  • Curso em Bacharelado em Ciências Imobiliárias ou Negócios Imobiliários.

O tempo de estudo vai variar conforme o curso em um período que vai desde 12 até 48 meses. Além disso, há a opção de aprender através das aulas presenciais, semipresenciais ou à distância (online).

Por exemplo, se o curso for em bacharel, a duração é de 4 anos (48 meses). Se for técnico, costuma durar até 12 meses. Tecnólogos duram 2 anos (24 meses).

Todo estudante deve cumprir uma carga horária obrigatória de estágio – que tem que ser supervisionado e diplomado. Esse é o intervalo que fica entre o amadorismo e a profissionalização do profissão.

De modo geral, os cursos de formação na área imobiliária abordam os seguintes temas: matemática financeira, legislação, sistema tributário, documentação, noções médias de arquitetura e mercado imobiliário, além de outros temas.

Depois de terminar o curso, o profissional deve seguir com seu diploma até o CRECI da região, munido de documentos pessoais e pagar as taxas necessárias para ter sua inscrição profissional.

A formação do corretor de imóveis

Após ter essa formação, o corretor de imóveis está apto para vender, comprar ou locar imóveis. Ele também pode ser o responsável por verificar a documentação necessária para avaliar imóveis, controlar carteiras ou administrar condomínios, por exemplo.

Há a possibilidade de o profissional fazer outro curso de corretor de imóveis e se especializar em um segmento – como em imóveis rurais, fazendas, sociedades comerciais, lançamentos de empreendimentos, mercado internacional e outros.

Nesse caso, o curso seria considerado uma pós-graduação ou, simplesmente, especialização.

Além da formação profissional, o corretor precisa ter um perfil comunicativo e resiliente, com habilidade em vendas, domínio de assuntos financeiros e estar atento às tendências do mercado. Entenda melhor sobre o financiamento imobiliário.

Algumas dicas são: fazer uma autoanálise profissional, criar um plano de ação e criar hábitos que te façam prosperar.

As vantagens do curso de corretor de imóveis

Esse curso de formação é obrigatório para exercer a função de corretor de imóveis.

Mas, por que é importante e necessário? Justamente para dar ao profissional uma base, com aulas práticas e teóricas, sobre os principais aspectos da vida cotidiana do trabalhador. Isso inclui desafios, necessidades e triunfos.

Além de tudo que já foi dito, um curso de corretor de imóveis implica também na aprendizagem de várias técnicas para negociar um processo de venda de um imóvel, por exemplo.

Além disso, após concluir a formação, o profissional pode se beneficiar de alguns aspectos, como ter autonomia total sobre sua tomada de decisão no trabalho. Ainda que trabalhe para uma imobiliária, é ele que vai escolher as melhores opções.

O profissional também pode controlar sua carga horária, ter liberdade profissional, ser realizado, ter potencial de ganhos ilimitados (que vão depender da sua atuação no mercado), estabilidade financeira, entre outros aspectos.

Os primeiros passos de um corretor de imóveis

Corretor de imóveis

Um corretor de imóveis novato deve ser dedicado ao seu trabalho e isto tem a ver com a prática do atendimento ao cliente para alavancar os resultados. Veja também quais são os erros que um corretor de imóveis nunca deve cometer.

Para isso, um dos primeiros requisitos é saber quem é o possível cliente (persona). Isso é muito importante para que o vendedor saiba quais os melhores produtos que podem ser oferecidos.

Com a internet, há opções de programas que fazem uma listagem desses contatos, informando inclusive dados pessoais, como idade, região escolhida, tipo de imóvel, entre outros.

Ter uma persona definida é ideal para fazer o contato. Lembre-se que um corretor de imóveis é apenas um interlocutor entre o comprador e o empreendimento, portanto, saber sobre o bem que será comprado também é imprescindível.

Outro ponto é sobre a forma de abordar esse comprador, especialmente, no primeiro contato. Neste caso, o funil de vendas poderia ser uma boa opção, já que considera nutrir a relação que o corretor terá com o futuro cliente.

Para cada estágio desse funil, é preciso ter uma iniciativa, sendo que o foco é vender os benefícios do empreendimento – que, obviamente deve atentar ao perfil do seu cliente.

Além de tudo, há de considerar as vendas feitas pela internet – que é um novo canal de comunicação que não pode ser ignorado por ter um grande potencial de exploração das redes sociais e da geração de negócios.

Está preparado para ser um corretor de imóveis?

Agora, se você achou que tudo isso envolve muito conhecimento… Saiba que é realmente verdade. Por isso, um curso de corretor de imóveis é tão importante nos dias de hoje. Confira os melhores investimentos para 2018.

Ser um corretor que vende imóveis é uma profissão que requer muitas habilidades, como flexibilidade de horário, paciência, atualização. Por outro lado, é uma profissão muito digna e que pode representar a chance de mudar a vida financeira.

WebEscritórios

Ver todas as postagens

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anuncie seus imóveis
Click e saiba mais
Anuncie em nossos portais

Saiba mais sobre como podemos te ajudar

FALE CONOSCO