fbpx

Espaços impecáveis e com as facilidades necessárias para a empresa se instalar são valorizados no mercado – e são locados mais rapidamente

Enquanto o proprietário quer um valor alto de aluguel, o locatário quer pagar pouco. Equilibrar essas necessidades, estipulando o quanto cobrar pelo aluguel de salas comerciais, é uma tarefa complexa.

Antigamente, havia uma regra informal de que o valor de locação devia ser igual a 1% do valor do imóvel. Com as valorizações vividas por esse setor, essa metodologia deixou de valer, e, hoje em dia, o cálculo para estipular o valor do aluguel leva em consideração diversos fatores.

No mercado, o aluguel de imóveis comerciais tem apresentado uma queda de preços. Segundo o índice FipeZap, nos últimos 12 meses o valor médio de locação ficou 3,52% mais barato.

O proprietário que deseja alugar um espaço comercial sempre deve estar atento às estatísticas. Se o valor de locação estiver muito acima da realidade, ele enfrentará dificuldade em encontrar um locador; se estiver muito abaixo, ele perderá dinheiro.

Para entender como estipular o aluguel das salas comerciais, você terá que levar em consideração, além das estatísticas, os cinco tópicos a seguir:

Administração

Antes de mais nada, decida quem é que vai cuidar da administração do local.

Se for você mesmo, é possível oferecer um preço mais competitivo para o locatário, o que atrairá mais interessados.

O ônus, porém, é que você precisa de amparo legal para evitar calotes ou irregularidades. Lembre-se também que, nesse caso, você é o responsável por selecionar o inquilino, discutir o contrato, fazer a cobrança e resolver eventuais problemas do imóvel.

A imobiliária é a opção ideal para quem não quer ter tantas responsabilidades. Uma empresa de confiança facilitará todos os processos de locação e também cuidará das necessidades diárias dos locatários, só que, para isso, o valor da locação precisa ser superior, garantindo a cobertura esse serviço. Confira


Localização

A localização é o fator determinante para o custo de um imóvel comercial. Uma pequena sala bem localizada na região central vale muito mais do que um grande espaço na periferia da cidade. Para você entender melhor, separamos cinco bairros que são ótimos centros comercias em São Paulo

No entanto, um imóvel que tem uma boa localização não deve ter apenas fácil acesso. Também é preciso:

Estar perto do transporte público e grandes avenidas

A maioria das pessoas usa um meio de transporte para chegar ao seu local, sejam os funcionários, os clientes ou os fornecedores. Por isso, a proximidade de estações de metrô e trem, pontos de ônibus e vias de acesso mais usadas é muito importante.

Estar próximo ao público-alvo do locatário

Determinados tipos de empresas precisam ficar perto de seu público-alvo. Um consultório de dentista, por exemplo, deve estar na região em que as pessoas moram ou trabalham, pois é entre esses momentos do dia que os atendimentos costumam ocorrer. Se o seu imóvel se beneficia de um tipo específico de vizinhança, valorize essa característica.

Estar em um local oportuno para quem vai alugar

Se o imóvel fica em uma região movimentada, onde há uma boa visibilidade, em que outras empresas complementam o mix de produtos do locatário, onde os concorrentes estão presentes e em que o poder aquisitivo é compatível com o público que o dono do negócio quer atingir, o aluguel se valoriza ainda mais. 

Estado do imóvel

Como proprietário, é seu dever cuidar da sala comercial que está disponível. Ambientes que estão bem-cuidados permitem cobrar um aluguel mais elevado.

Sendo assim, é preciso que providenciar a manutenção do local, evitando passar a sensação de que há alguma reforma para ser feita ou de abandono.

Pintura nas paredes, portas e janelas funcionando corretamente, remoção de mofo, piso limpo e odor agradável, por exemplo, são essenciais para tornar a propriedade mais atrativa para o futuro inquilino.

Estrutura

A sala comercial que oferece uma estrutura completa para que o locatário possa trabalhar também é uma forma de valorizar o preço do aluguel e tornar o espaço ainda mais atraente para o interessado.

O aluguel de salas comerciais que já incluem serviços como telefonia, internet, recepção e outros representam uma facilidade para o dono de um negócio que irá precisar de todos esses itens no dia a dia, pois, dessa forma, ele não precisa fazer a contratação e pode começar a trabalhar imediatamente.

Se o espaço também já estiver mobiliado com mesas, cadeiras e armários, a valorização é ainda superior, e acresce o aluguel em cerca de 20 a 30%. Essa, inclusive, é uma vantagem muito procurada por empreendedores e startups no mercado. 

Outras despesas

É muito importante se colocar no lugar do locatário e refletir se, junto com o valor de taxas extras, o preço a se pagar continua sendo vantajoso considerando a região e o tipo de negócio.

Entre os valores adicionais que podem onerar o aluguel, estão pagamentos referentes a impostos, condomínio, serviços (internet, telefonia, luz, gás, água), segurança e jardinagem, por exemplo.

Lembre-se que, para conseguir um bom negócio, ser flexível também é importante. 

Considere as reivindicações do possível inquilino colocando no papel o quanto você ainda pode lucrar com o aluguel e as soluções para não perder dinheiro, como estender a duração do contrato.  Para ter uma visão geral do cenário, confira também o que esperar do mercado imobiliário comercial em 2018.

Você tem alguma dica valiosa que não citamos? Deixe nos comentários a sua experiência! 

 

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anuncie seus imóveis
Click e saiba mais
Anuncie em nossos portais

Saiba mais sobre como podemos te ajudar

FALE CONOSCO