fbpx

O imóvel comercial é importante e necessário para quem quer iniciar o próprio negócio. Mas a compra de um pode trazer várias dúvidas

Para muitos novos empreendedores, a melhor alternativa é fazer um financiamento imobiliário levando em conta o alto valor da compra à vista, mas será que vale a pena?

Por outro lado, o empreendimento também é bem visto pelos investidores que pensam em adquirir o bem para alugar posteriormente ou vendê-lo.

O que poucos sabem é que o credito imobiliário para a compra de um imóvel comercial é mais caro do que o habitacional, considerando também a cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

Para comparar as opções de financiamento do mercado, existem algumas recomendações, como observar a taxa de juros, a porcentagem que o banco financia, o valor de entrada, o Custo Efetivo Total e as outras despesas.

Atualmente, no mercado existem outras opções para o financiamento imobiliário, que é através da compra a vista ou do consórcio imobiliário, por exemplo.

Vamos falar mais deles no decorrer do texto, antes leve em conta algumas dicas para escolher o seu imóvel comercial.

Dicas para Escolher o Imóvel Comercial

As dicas listadas abaixo são importantes para qualquer tipo de compra e devem ser analisadas antes de o empreendedor escolher o seu negócio.

A Necessidade do Imóvel

Para escolher o imóvel que será comprado, leve em conta saber a real necessidade de fazer essa comercialização.

  • O seu espaço será maior para atender melhor os clientes?
  • Para ter mais capacidade de armazenamento de estoques?
  • Com a finalidade de estar mais bem localizado?

A Pesquisa do Preço

Pesquisa do preço

Outra forma de estudar a sua compra é pesquisar sobre os preços cobrados pelos imóveis na região em destaque – você pode buscar essas informações em fontes como imobiliárias ou na internet.

Sobre isso, vale ainda observar o potencial de valorização do empreendimento comercial. Se a área vai receber novos imóveis, então, a valorização é certa, por exemplo.

A Questão Estrutural

A dica é fazer um reconhecimento da área para saber se há problemas estruturais ou públicos, como falta de iluminação, escassez do transporte público e segurança. Confira 11 projetos arquitetônicos mais bonitos do mundo para você se inspirar!

Tudo isso tem a ver com a depreciação do imóvel.

O ideal é visitar o imóvel, conforme a faixa de preços e avaliando o tamanho, as condições, o perfil e as características do ambiente. Se você evitar reformas, o seu orçamento agradecerá.

A Regulamentação do Imóvel

Antes de assinar a compra, verifique também o contrato do imóvel – observando se a documentação estará regularizada.

Por que comprar um imóvel comercial?

A compra de um imóvel comercial é um investimento muito interessante no Brasil. Aliás, veja os melhores investimentos para 2018 e encontre o seu imóvel comercial perfeito. Ele contribui para o aumento de patrimônio e é uma forma de, ao longo prazo, diminuir os custos operacionais de uma companhia, eliminando o pagamento de aluguel.

Quando a negociação é bem feita, o imóvel valoriza com o passar dos anos.

Para não errar na escolha, o conselho é ter um planejamento empresarial. Além de tudo que já foi dito, considere também pensar na localização do seu estabelecimento – conforme a região, você pode ter lucros extraordinários.

Se você reconhece todas as dicas para comprar um imóvel comercial e sabe da importância de ter esse empreendimento para a sua empresa crescer, resta saber qual é a melhor forma de adquirir o bem…

Financiamento Imobiliário de Imóveis Comerciais – vale a pena?

Imóvel Comercial

Essa é a modalidade mais conhecida na hora de comprar um imóvel – o financiamento bancário é um processo mais rápido de liberação de orçamento para a compra.

Apesar dessa vantagem, os financiamentos não costumam ser aconselháveis do ponto de vista financeiro. Isso acontece porque as taxas de juros normalmente são altas demais – e por fim, o comprador acaba por pagar o valor de 2 ou 3 imóveis (como aquele financiado).

Para que você tenha uma ideia, essas taxas podem chegar a mais de 14% – é um valor alto.

Outro ponto a se considerar é que mesmo no financiamento, o comprador precisará dar o valor da entrada – que normalmente é de 20% do valor do imóvel. Além disso, temos todos os impostos que já falamos acima, inclusive o IOF.

Por fim, outro ponto que precisa ser analisado é o fato de que o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) não pode ser usado para o imóvel comercial. E isso é visto como empecilho.

Dessa forma, mesmo com todas essas variáveis, para quem ainda não tem dinheiro para a compra a vista, o financiamento imobiliário aparece como uma das melhores opções.

Compra à vista e consórcio de imóveis – valem a pena?

No caso da compra à vista, os benefícios são bem maiores – a se começar pelo valor. Quem consegue optar por essa opção tem a oportunidade de ter um bom desconto no valor de mercado, por exemplo.

Além disso, também não há a cobrança de alguns impostos e nem mesmo dos juros. Diferente do financiamento; ao final da compra, você pagou o que realmente o empreendimento vale.

Do lado negativo, ter o dinheiro para a compra à vista nem sempre é possível, especialmente se pensarmos nos novos empreendedores.

Por fim, há também a opção de compra feita pela carta de crédito de consórcio.

Nesse caso, as taxas de juros são um pouco mais baixas do que os financiamentos. Outra vantagem é a maior extensão para o prazo de pagamento e o fato de ter parcelas fixas.

O que muda no consórcio é que é preciso dar lances para conseguir pegar o crédito e esse valor é muito variável, podendo ser altos ou não. Dessa forma, não há uma garantia que o consumidor será contemplado com a compra do imóvel.

Qual a melhor forma de pagamento para a compra de um imóvel comercial?

A resposta é muito fácil: a compra à vista é a melhor de todas porque gera descontos, economia de dinheiro e evita o pagamento de juros ou impostos.

Por outro lado, essa é a forma mais “difícil” de comprar um empreendimento comercial devido ao alto valor para investimento inicial. Veja a avaliação de imóveis comerciais, o que podemos esperar dos preços.

A partir disso, aparece o financiamento imobiliário, que também é fácil de ser acessado. Do lado negativo, há o pagamento de juros e impostos, o que faz com que o valor final pago pelo bem seja muito maior do que o valor atual de mercado.

Já o consórcio é mais indicado do que o financiamento apenas para pessoas que podem esperar ser contemplado a partir dos lances. Em se tratando de um imóvel comercial, esperar pode não ser uma alternativa.

E, independente de qual seja a melhor forma de pagamento para você, saiba que seguir as dicas acima é importante para não “trocar gato por lebre”. A WebEscritórios é uma plataforma que pode te auxiliar a encontrar os melhores endereços com os melhores valores.

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anuncie seus imóveis
Click e saiba mais
Anuncie em nossos portais

Saiba mais sobre como podemos te ajudar

FALE CONOSCO